10 março 2009

Em jeito de balanço




Pena que a visibilidade lésbica seja tão ténue que não adira aos movimentos expontâneos e quando se expõe à luz da noite recolhe cedo ao lar, como se esse ainda fosse o lugar da mulher.

O nó branco não se viu, pelo menos, eu, a namorada e os amigos usámos.

Do espectáculo : duas vozes que se unem e dividem canções, repartindo que nem pão. O público agradece a mensagem.

3 sementes:

WL disse...

Hey! pssiiu...
Quem mandou por aí a minha foto?! ahm?!
Bom...vamos lá ver! :P ;)

Dantins disse...

A questão é mesmo essa, não existe capacidade (coragem) de mobilização.
Se não formos nós a defender as nossas questões, ninguém o fará e a visibilidade começa com estes pequenos actos.

Pelo que tenho lido por ai, foi um concerto inesquecível :)

Bjos

a disse...

A mobilização teria de vir mais organizada. Aliás os portugueses só respondem com ordens superiores, não são muito de aderir logo na 1ª linha.